Fim de tarde

Regressava sempre ao fim da tarde, para ter a certeza de usufruir do que de melhor ela tinha, o quotidiano arrumado a um canto até ao outro dia e aquelas cinco horas para bailar com o tempo, há tipos que a sabem toda, em contrapartida muitos passam pela vida sem terem percebido rigorosamente nada, dedicam-se às cataratas, às dores, aos ataques, ele bailava com o tempo.

publicado por Isabel Afonso às 20:42 | link do post | participe