Memórias de viagens (II)

Paris, na imposibilidade de me juntar ao "Pensador "aninhei-me nos braços de uns burgueses, de Calais.

publicado por Isabel Afonso às 20:21 | link do post | participe