O degelo

Havia um excesso de luz a incidir na tua cara e dificuldades em manteres o personagem, chegou o tempo do degelo, os pingos de água sobre a mesa de alumínio teciam caminhos difusos de encontros improváveis porque os encontros são raros.

publicado por Isabel Afonso às 00:04 | link do post | participe