Édipo contra Electra

Na sala de espera de um consultório, está um homem ainda jovem, envolve-o aquele não sei  quê que me faz pensar que é oriundo de um país de leste, a filha com cerca de seis anos de idade aproveita para brincar no parque, tem na mão um pequeno pão que se solta das suas mãos e cai no chão, o pai levanta ligeiramente a cabeça e numa atitude decidida dá-lhe um outro pão, sem lhe explicar a razão porque não pode comer o que caiu no chão; depois de algum tempo entra na sala a mulher com um rapaz que tem um aspecto febril, a mãe desdobra-se em cuidados, depois de beber  o sumo que esta carinhosamente lhe dá, o pai permite que coma o pão que caíra no chão, a filha esboça admiração mas perante o olhar cúmplice do pai, cala-se.

publicado por Isabel Afonso às 22:57 | link do post | participe