THE PARTY IS HERE

Gay made in América, ser gay é um fascínio, conter em si todas as possibilidades, as da alegria a propósito de quase nada e as da tristeza, nos mergulhos mais profundos ao interior de si próprio, sempre gostei do exagero, para lá de adorar ver um homem bem calçado, os homens sabem respeitar uns saltos altos, nunca vi caírem na vulgaridade por causa de um joanete.

O último que conheci vinha acompanhado por suas amiguinhas de terras para lá do Atlântico, impressionante como a gramática gay parece ter códigos geneticamente embutidos como a marca da mala Pierre Cardin que ostensivamente usava.

Recém chegado ao Bairro Alto, queria atrair simpatias, porque não, a vida é mesmo isso um imenso carrossel de coisa nenhuma cabe-nos a nós colocarmos a luzinhas de neón que forem necessárias.

Comprou tudo o que pôde ao monhé, anéis psicadélicos, tiaras de diamantes, e um precioso anel, pediu-me que o colocasse na mão esguia e bem cuidada, " -If you have the ring you have the power, darling ", ao que respondeu:- White Power.

-Really?

- Do you want be happy whith me and some one else?

-Where is the bathroom?

- Came with me...

Colocou a mão fora da porta e em voz de castrati entoou:

- If I have the ring I have the power...

 THE PARTY IS HERE

publicado por Isabel Afonso às 16:10 | link do post | participe