Bárbara

 

Um fime de Christian Petzold com Nina Hoss e mais dois lindos homens, mas desculpem, prefiro-a a ela numa extraordinária interpretação, a exercer medicina em Berlim, Bárbara tenta arranjar um visto que lhe permitirá ir ao encontro do namorado, o visto é-lhe recusado sendo desterrada para um hospital de uma localidade rural onde faz por não estabelecer vínculos afectivos, entretanto continua a planear a fuga, foge-lhe no entanto ao controlo a relação que estabelece com uma das suas doentes, sendo esta que ocupa a seu lugar no plano de fuga que estabelecera para si própria.

Uma câmara dissecante quase no máximo da sua definição oferece imagens fantásticas numa harmonia perfeita com a cortante presença de Nina Hoss e o sua personagem cínica, esguia, mínima e contida.

 

 

publicado por Isabel Afonso às 23:21 | link do post | participe