Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Delicatessen

espaço destinado a pequenos prazeres

Delicatessen

espaço destinado a pequenos prazeres

Última paixão

Junho 29, 2012

Isabel Afonso

Meu amor veio para matar

fê-lo sem navalha

nem sangue no lavatório

nem dedadas na parede

Meu amor veio para matar

Um assassino com jeitos de menino

Meu amor chegou

Inventado no passado

de trilhos bem profundos

Meu amor, matou

em jeito de flashback

que sem sentido

eu projectava para o presente

Meu amor nem quis saber

Matou

Um outro, e ausente assim o permitiu

Meu amor embora menino

sabia quais as linhas

que cosem os golpes de uma paixão

Meu amor não me poupou

Ainda trago no peito essa dor

Na esperança que o ente ausente

se instale de novo no meu coração

 anacronia simétrica dos meus ventrículos

estratégia de fuga ao centro das coisas

embora ele lá estivesse sempre

(rascunho editado)

 

 

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D